Não desanime! Olá Feliz Ano Novo. E ai começo de ano novo é muito bom para todos nós. Porém aparece logo no começo algumas adversidades,  não desanime!

O texto base que usamos para este post é da 2ª Carta aos Coríntios 4:1-18

Por isso, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi dada, não desanimamos.
Pelo contrário, rejeitamos as coisas ocultas que trazem vergonha, não agindo com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus. E assim, pela manifestação da verdade, nos recomendamos à consciência de todos na presença de Deus. Mas, se o nosso evangelho ainda está encoberto, é para os que se perdem que ele está encoberto,  nos quais o deus deste mundo cegou o entendimento dos descrentes, para que não lhes resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.

Porque não pregamos a nós mesmos, mas a Jesus Cristo como Senhor e a nós mesmos como servos de vocês, por causa de Jesus. Porque Deus, que disse: “Das trevas resplandeça a luz”, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus na face de Jesus Cristo. Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que se veja que a excelência do poder provém de Deus, não de nós.

Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; ficamos perplexos, porém não desanimados; somos perseguidos, porém não abandonados; somos derrubados, porém não destruídos. Levamos sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a vida dele se manifeste em nosso corpo. Porque nós, que vivemos, somos sempre entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal.

De modo que em nós opera a morte; em vocês, a vida. Tendo, porém, o mesmo espírito de fé, como está escrito: “Eu cri, por isso falei”, também nós cremos e, por isso, também falamos, sabendo que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus também nos ressuscitará com Jesus e nos apresentará juntamente com vocês.

Porque tudo isso é para o bem de vocês, para que a graça, multiplicando-se, torne abundantes as ações de graças por meio de muitos, para a glória de Deus. Por isso não desanimamos. Pelo contrário, mesmo que o nosso ser exterior se desgaste, o nosso ser interior se renova dia a dia.

Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um eterno peso de glória, acima de toda comparação, na medida em que não olhamos para as coisas que se veem, mas para as que não se veem. Porque as coisas que se veem são temporais, mas as que não se veem são eternas.

2 Coríntios 4:1-18

Olhando para a estrada

Não desanime! – Você tem um ministério!

Você tem um ministério que Deus lhe concedeu. Imagine o seguinte você sempre desejou de Deus a fazer algo e Deus lhe concedeu isso em suas mãos. Então é necessário que você saiba de suas responsabilidades.

Por mais, que nós sempre decepcionamos com pessoas, ou por outros motivos quaisquer que sejam o Apóstolo deixa algo bem exposto e claro. “Não desanimamos.

E que ministério é esse?

o qual nos capacitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do Espírito; porque a letra mata, mas o Espírito vivifica.
2 Coríntios 3:6

Não desanime !

Quando Deus, na sua misericórdia, chama e comissiona seus servos, também fornece as condições e forças necessárias para perseverarem em meio às inúmeras adversidades e perseguições.
Exemplo:

  • Moisés
  • Arão
  • Gideão
  • Elias
  • Eliseu
  • Samuel
  • Isaías
  • Jeremias

Você já rejeitou as coisas em ocultos?

Estamos falando aqui de algo muito importante para sua vida. Me faz um favor agora? Faça o seguinte exercício:

  1. Feche os olhos;
  2. Mentalize tudo aquilo que você faz de errado e não agrada a Deus

Você já rejeitou as coisas em ocultos?

O Apóstolo Paulo refere-se aos falsos mestre de Corinto. Ele ao contrário, faz um apelo à consciência de cada um deles e também a própria integridade dele diante de Deus, por que a sua prática era sempre expor com clareza a verdade sem encobri-lá nem apelar para a fraude e para o engano.

Insight: Não queira se auto-sabotar (Não tente se enganar mesmo).

O evangelho está encoberto?

Infelizmente no mundo em que vivemos hoje o verdadeiro evangelho está disposto para aqueles que querem abrir os olhos de verdade e  querem ter uma mudança significa em suas vidas.

Paulo deixa claro algo fundamental. “é para os que se perdem que ele  está encoberto,”. O Apóstolo Paulo deixa isso bem claro no capítulo 3 da mesma carta nos  versos de 13 a 18 vamos a leitura.

E não somos como Moisés, que punha um véu sobre o rosto, para que os filhos de Israel não pudessem fixar os olhos no fim daquilo que estava desaparecendo. Mas a mente deles se endureceu. Pois, até o dia de hoje, o mesmo véu permanece sobre a leitura da antiga aliança; não foi tirado, pois só em Cristo ele é removido. Mas, até hoje, quando Moisés é lido, o véu está posto sobre o coração deles. Quando, porém, alguém se converte ao Senhor, o véu é tirado. Ora, este Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. E todos nós, com o rosto descoberto, contemplando a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, que é o Espírito.

Candeia acesa fazendo luz

Jesus – “Quer abrir os olhos”

Dias depois, Jesus entrou de novo em Cafarnaum, e logo se ouviu dizer que ele estava em casa. Muitos se reuniram ali, a ponto de não haver lugar nem mesmo junto à porta. E Jesus anunciava-lhes a palavra. Trouxeram-lhe, então, um paralítico, carregado por quatro homens.

E, não podendo aproximar-se de Jesus, por causa da multidão, removeram o telhado no ponto correspondente ao lugar onde Jesus se encontrava e, pela abertura, desceram o leito em que o paralítico estava deitado. Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico:

— Filho, os seus pecados estão perdoados. Alguns escribas estavam sentados ali e pensavam em seu coração:

Como ele se atreve a falar assim? Isto é blasfêmia! Quem pode perdoar pecados, a não ser um, que é Deus? E Jesus, percebendo imediatamente em seu espírito que eles assim pensavam, disse-lhes:

Por que vocês estão pensando essas coisas em seu coração? O que é mais fácil? Dizer ao paralítico: “Os seus pecados estão perdoados”, ou dizer: “Levante-se, tome o seu leito e ande”? Mas isto é para que vocês saibam que o Filho do Homem tem autoridade sobre a terra para perdoar pecados. E disse ao paralítico:

— Eu digo a você: Levante-se, pegue o seu leito e vá para casa.

deus deste mundo cegou o entendimento.

O diabo, arqui inimigo de Deus e poder invisível por trás de toda incredulidade e a impiedade. Satanás ira fazer de tudo para que você de fato não consiga enxergar a verdadeira luz em cristo. E isso não é se de admirar na mesma carta no capítulo 11 verso 14, o Apóstolo Paulo deixe registrado e bem claro, vejamos:

E não é de admirar, porque o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz.
2 Coríntios 11:14

Das trevas resplandeça a luz

Agora vocês que estão me ouvindo é necessário como na criação onde o próprio Deus pai de Jesus disse em Gênesis disse: “Haja Luz”, pois tudo era trevas. Em sua nova vida, aproveitando agora o momento de ano novo, e necessário que você venha se aproximar da Luz que é Cristo Jesus. E essa mudança é necessária. e Jesus exemplifica bem essa questão de luz e trevas.

— Os olhos são a lâmpada do corpo. Se os seus olhos forem bons, todo o seu corpo será cheio de luz; se, porém, os seus olhos forem maus, todo o seu corpo estará em trevas. Portanto, se a luz que existe em você são trevas, que grandes trevas serão!
Mateus 6:22-23

Oleiro fazendo vaso de barroTesouro em vasos de barro

O Tesouro citado é o evangelho de Cristo as Boas novas para você! Mas o que tem haver um tesouro e vaso de barro. Era costume esconder tesouro em vasos de barro, que possuíam pouco valor ou beleza, e não atraíam a atenção a si mesmo e nem ao conteúdo valioso. Representando aqui a fragilidade e a insuficiência humana.

Excelência do poder provém de Deus

Isso significa a ideia de que a insuficiência absoluta do ser humano revela a suficiência total de Deus em todos os sentidos da vida. É Deus que provém a tudo para nós conforme a vontade dele para conosco.

Consegue entender agora?

Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; ficamos perplexos, porém não desanimados; somos perseguidos, porém não abandonados; somos derrubados, porém não destruídos.
2 Coríntios 4:8-9

No corpo o morrer de Jesus

A fragilidade do “vaso de barro” da humanidade, vê se claramente nas constantes adversidades e perseguições. Podemos lembrar que no caso de Paulo ele foi esbofeteado por amor ao evangelho e por meio das quais compartilha dos sofrimentos de cristo.

Jesus se manifeste em nossa carne mortal.

Trata-se muito bem da vida e do Cristo ressuscitado. mais uma vez a colocação que o apóstolo quer nos dizer que a carne, a fraqueza humana serve de ocasião para o triunfo do poder divino, e o “morrer” diário engrandece a maravilha da vida diária ressurreta.

De modo que em nós opera a morte; em vocês, a vida

“Eu cri, por isso falei”

A fé conduz ao testemunho, e ao falar de testemunho não falo ir a frente de uma igreja e falar em público que Deus realizou, ao contrário o testemunho é seu caminhar e viver para com Deus, pois isso mostra a sociedade como o seu proceder está alinhando com os padrões de Deus.

Paulo labutava e viajava incansavelmente para levar aos outros a mensagem do evangelho.

O Desgaste

O Apóstolo paulo mais uma vez cita: “Por isso não desanimamos” Vamos sempre em nossa vida ter as adversidades com o objetivo de fortalecimento para nossas vidas.

Quem quer vencer uma guerra tem que estar disposto a passar por adversidade e aflições, porém com preparo, ciência e inteligência.

Por mais que nosso exterior venha se desgastando por causa das adversidades, estamos sempre renovados. Isso para você é uma alegria, pois se existe ainda em você que algo que te faz sempre se renovar, isso se chama fé em Cristo Jesus.

Nossa leve e momentânea tribulação

Nossas dificuldades, sejam quais forem, perdem a importância quando vistas na perspectiva da eternidade. Por comparação a glória eterna é muito maior que todos os sofrimentos que a pessoa poderá experimentar nessa vida.

Visível x Invisível

As experiências e circunstâncias desta vida, muitas vezes dolorosas e desconcertantes, são o que o crente tem de visível diante de si; mas não passam de fenômenos no cortejo passageiro da nossa era caída, sendo por isso mesmos temporários e fugaz.

Fixar os olhos nessas coisas visíveis nos levaria perder o ânimo. Em contrapartida, as realidades invisíveis, não menos por ser invisíveis, são eternas e imperecíveis. Por isso, olhamos para o alto, não para as aparências transitórias do cenário deste nosso mundo.

Você gosta de Provérbios?

Nas quartas-feiras estou trazendo a todos vocês uma série sobre o livro de Provérbios? Você pode ter mais informações na página de sermões onde traz inúmeros sermões e introduções de outras cartas.

Aproveite e veja os posts anteriores.

  1. Provérbios 1 – O Início para a mudança
  2. Provérbios 2 – O valor da sabedoria
  3. Provérbios 3 – Conselhos da Sabedoria
  4. Provérbios 4 – A Sabedoria Suprema
  5. Provérbios 5 – Advertência contra o adultério
  6. Provérbios 6 – Advertência contra a insensatez
  7. Provérbios 7 – Sedução e a cilada do adultério
  8. Provérbios 8 – O chamado da sabedoria

Aproveite e conheça o canal da Igreja Restauração e vida no Youtube.

Você não conhece a Igreja Restauração e Vida? Em nossa página de contato você encontra nosso endereço e nosso telefone, venha nos fazer uma visita e participe conosco em nossos cultos.

Não esqueça também de compartilhar esse artigo com outras pessoas clicando nos botões de compartilhamento abaixo.

Compartilhe na sua rede social favorita